• Guilherme Cardoso

É preciso defender a Lava Jato


Não dá para entender o que estão fazendo com a Lava-Jato.Cada dia que passa um ministro do Supremo, um Procurador da Rep´bulica ou um político qualquer de esquerda ou direita que tenha sido investigado, condenado ou mesmo com o seu nome citado, vem fazendo denúncias absurdas e inexplicáveis contra essa que foi e é a maior operação mundial contra a corrupção.

Depois de anos de tantas operações contra os desvios de dinheiro público em que pela primeira vez no Brasil foram denunciados, condenados e até presos vários políticos de todos os escalões, grandes doleiros e conceituados empresários e empresas de todo porte, agora, exatamente no governo de um presidente que dizia e fez campanha de que a corrupção era sua meta principal, agora, surgem denúncias, críticas e até processos contra procuradores que faziam parte da Lava-Jato.

Desde que pediu demissão do Ministério da Justiça, o ex-juiz Sérgio Moro vem sendo atacadopelas suas brilhantes e necessárias condenações de políticos e empresas enquanto responsável pela Lava-Jato em Curitiba.

Deltan Dallagnol, outro dos mais destacvados procuradores da Lava-Jato também vem sendo criticado e até um processo disciplinar está sendo aberto contra ele no Ministério Público Federal. Tudo porque ele se destacou e teve coragem de enfrentar e denunciar poderoso9s da classe política e de grandes empresas.

Poucas são as instituições brasileiras que merecem tanto crédito quanto a Lava-Jato e seus Procuradores que estiveram sob o comando do ex-juiz Sérgio Moro.

Se fizerem pesquisas sobre quais são as entidades em que o povo mais confia, a Lava-Jato ganha disparada, muito a frente de órgãos como o Congresso Nacional, o STF, a OAB e até a Igreja Católica.

A Lava-Jato hoje pode ser considerada patrimônio nacional.Nunca os brasileiros se sentiram tão recompensados pelas atuações e condenações que vieram através da Lava-Jato e que a Justiça foi forçada a julgar e condenar políticos e, doleiros e empresários que nunca imaginaram um dia ir para a cadeia. A Odebrecht, , Andrade Gutierrez, ex-presidente Lula, Zé Dirceu e tantos outros.

O povo brasileiro não pode aceitar que imobilizem as ações da Lava-Jato e muito menos que o Supremo Federal venha a reconsiderar algumas condenações.

A sociedade brasileira já está cansada de tanta impunidade, tanta corrupção, como estãamos vendo até agora na pandemia.

Esta é a minha opinião. Você pode ter a sua.

0 visualização