• Guilherme Cardoso

A briga pelas vacinas



Eu quero tomar qualquer vacina. E você?


As vacinas contra a covid 19 estão chegando. Ou melhor, estão se aproximando de nós.

No Reino Unido já começam a imunizar boa parte da população. Nos Estados Unidos os dois presidentes, o que sai e o que entra em janeiro anunciam o início da vacinação até janeiro. E na Rússia é confirmado que a vacinação já em massa, atingindo toda a população.

E aqui no nosso Brasil, como estão as coisas? Na maior incerteza.Só sabemos pela mídia que o Estado de São Paulo terá hum milhão e quatrocentas mil doses da vacina chinesa que serão aplicadas nos grupos de risco no início de janeiro. O resto da população paulista, de mais de 30 milhões de pessoas fica para mais tarde.

Agora, no resto do país, ninguém sabe quando, como e com qual vacina seremos imunizados. Governo Federal critica e resiste a aceitar a vacina chinesa, quer outras duas somente, que estão atrasadas e não oferecem grande quantidade de doses para toda a população brasileira.

Pelo que se vê, lamentavelmente nós devemos ser vacinados lá pelo meio do ano, depois que os grupos de risco e os idosos serem vacinados.

E o mais desagradável é que vamos assistir pela tv cidades como São Paulo sendo vacinada e outros países como EUA e Europa também, e até países amigos, nossos vizinhos, como Argentina, Uruguai vacinando a população primeiro que nós, o eterno gigante adormecido.

Só espero que todos tenham paciência e não se revoltem com o desprezo e a incompetência das nossas autoridades.

0 visualização0 comentário