• Guilherme Cardoso

Brasil depois do Carnaval


* Guilherme Cardoso


Estamos na semana do Carnaval, em alguns Estados pode-se dizer um até dois meses de folias que se iniciaram em janeiro. Na Bahia por exemplo.


Toda esta festa trás alegria e muita diversão ao povo brasileiro que há muito vive as dores e as tristezas do desemprego, da educação de baixa qualidade, da saúde pública precária e da segurança inexistente. Afinal, ninguém é de ferro.


Lamentável, no entanto, é que por causa do Carnaval, o país fica parado, nada acontece de bom na política, as propostas reformistas do novo governo não andam, e consequentemente a economia e os negócios não se desenvolvem.


Todos esperam, eu também, e você, é claro, que passadas essas folias, o Brasil entre nos eixos, novos negócios surjam, milhões de empregos apareçam e o nosso país volte a pensar grande e a trilhar no caminho de uma nação rica e próspera.

0 visualização