• Guilherme Cardoso

Fábula de um vírus desconhecido


* Guilherme Cardoso

  • Eram duas pessoas que moravam na mesma cidade, uma em cada bairro. José morava no Califórnia, região noroeste, e Pedro morava na Pompeia, região leste, do outro lado da cidade.

  • Ambos eram comerciantes bem sucedidos e vendiam materiais elétricos para os moradores de seus bairros.

  • José, o comerciante do Califórnia já era empresário há muitos anos, havia crescido bastante, e já vendia e emprestava dinheiro há anos para os moradores do seu bairro e dos bairros vizinhos.

  • Pedro, o comerciante da Pompeia, também conhecia bem o seu negócio, mas era pequeno, e de repente sentiu que para crescer e ter sua atividade consolidadas, era preciso passar a produzir mais e vender para além de seu bairro.

  • Durante muitos anos, Pedro, o comerciante da Pompeia, ficou quieto no seu bairro, treinando seus funcionários, economizando dinheiro, investindo em equipamentos, criando logística, e quando sentiu que tinha produtos para vender em quantidades e poder competir em outras localidades, resolveu expandir seu negócio.

  • Com preços mais baixos e grande produção, maior que o seu principal concorrente, o senhor Pedro começou a ganhar clientes e vender todos os seus produtos no Califórnia e nos bairros vizinhos, antes freguesia do senhor José.

  • Esse crescimento do senhor Pedro e a invasão dos seus produtos nos bairros antes dominados pelo senhor José, fez com que este comerciante adotasse duras medidas restritivas para entrada dos produtos do senhor Pedro no Califórnia e vizinhança.

  • A disputa entre os dois comerciantes durou mais de um ano, com ameaças constantes de brigas e retaliação dos dois lados. Como o senhor José do Califórnia era poderoso, tinha patrimônios, muito dinheiro, prestígio e liderança entre os seus parceiros, para se resguardar da concorrência, implantou restrições e criou altas taxas contra o senhor Pedro, dificultando a entrada dos seus produtos naquela região. Estas atitudes do senhor José do Califórnia deixaram o senhor Pedro da Pompeia muito chateado e temeroso pelo fracasso do seu negócio, fruto de tantos anos de lutas, sacrifícios e investimentos.

  • Isso não poderia ficar assim!

  • Não se passaram dois meses da implantação das restrições, e eis que um belo dia de inverno, o senhor Pedro da Pompeia liga para o senhor José do Califórnia e diz que sua empresa está em dificuldades, que ele, sua família e seus empregados contraíram uma doença perigosa e desconhecida, que ainda não tem remédios, mas que tem esperança que vai vencer esta crise e voltar a fazer negócios como antes.

  • Seu José do Califórnia não levou a sério a mensagem, assim como os seus vizinhos de outros bairros. Um concorrente a menos. Capitalismo selvagem.

  • Inexplicavelmente, dias depois, amigos do senhor José, comerciante do Califórnia começaram a sentir os mesmos sintomas que o senhor Pedro da Pompeia afirmava ter, e diferente dele, vários moradores dos bairros vizinhos começaram a morrer.

  • O senhor José, comerciante do Califórnia custou a acreditar que a doença do senhor Pedro da Pompeia, ia chegar até a ele também. Como era sadio, forte e poderoso, e há muitos anos não sabia o que era adoecer, não deu muita bola para aquela doença e continuou sua vida normalmente.

  • Foi então, que duas semanas depois, numa noite gelada do inverno,o então todo poderoso senhor José levantou apavorado com os gritos dos seus vizinhos de bairro, e com as mensagens desesperadas de socorro dos moradores dos bairros vizinhos, todos infectados e morrendo em série, sem recursos médicos.

  • Nesse tempo, o senhor Pedro da Pompeia já tinha se curado, ele, sua família e seus empregados trabalhando normalmente, desenvolvendo seu negócio, oferecendo e até vendendo os seus produtos, pelo preço que deseja, preferencialmente ao seu adversário, senhor José, assim como para todos os moradores dos bairros vizinhos ao Califórnia, agora, sem quaisquer taxas, restrições ou proibições.

  • Enquanto isso, o senhor José e seus aliados dos bairros vizinhos pararam seus negócios, estão isolados, em quarentena, a produção reduzida, os infectados e as mortes dos seus moradores só aumentando, sem saber o que fazer, para onde ir e o que será odo seu futuro.

  • Moral da história:

  • Será que foi um castigo divino no senhor José do Califórnia ou uma vingança maligna do senhor Pedro da Pompeia?

0 visualização