• Guilherme Cardoso

Google oferece curso em Suporte de TI


Vou dar um conselho muito especial para os jovens recém formados e para aqueles, jovens, adultos ou até mesmo idosos que estão desempregados ou a procura de novos caminhos.


Google oferece cruso em Suporte de Tecnologia da Informação.


Isso mesmo! A Google anunciou no último dia (6), o lançamento de um programa online de TI para preparar alunos a trabalhar como profissionais de suporte em cerca de oito meses.


O Certificado Profissional de Suporte em TI foi desenvolvido pela Google e hospedado e é todo em português, o que facilita a vida de quem não está com o idioma inglês na ponta da língua.

De acordo com a Google, o objetivo do programa é oferecer uma alternativa para quem busca uma vaga no setor, mas também auxiliar empresas brasileiras que precisam de profissionais qualificados.


Para participar do curso, os estudantes pagam um valor de US$ 39 por mês, o que transformado em reais, dá hoje uns 160 reais por mês, com o dólar a 4 reais.


De acordo com a Google, trata-se de uma "taxa reduzida" para "garantir que os candidatos a empregos de todas as origens tenham acesso ao programa".


Se o curso for tão bom como o Google promete, e a gente espera que seja, esse valor mensal de 160 reais até que é razoável. Alguns cursos técnicos de curta duração do Senac estão nesta faixa de preço.


O Certificado Profissional de Suporte em TI é parte do Programa Cresça com o Google, uma iniciativa que ajuda brasileiros a desenvolver as habilidades necessárias para encontrar um emprego. Segundo a diretora de marketing da Google Brasil, Susana Ayarza, a missão do Google é de organizar as informações do mundo e torná-las universalmente acessíveis e úteis a todos. Nesse sentido, sabemos que a educação é um fator-chave".


Sabendo que a situação econômica no país está pra lá de ruim, o Google oferece bolsas de estudo para quem provar que não pode pagar. A assistência financeira é uma doação de US$ 1,15 milhão da Google.org, braço de filantropia da gigante. As bolsas estarão disponíveis para estudantes do Amazonas, Distrito Federal, Minas Gerais, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo.


Assim que adquirir o certificado, o estudante poderá optar por compartilhar suas informações diretamente com grandes companhias que aceitam avaliar candidatos com o Certificado Profissional de Suporte em TI, incluindo Adecco, Coca-Cola, Cognizant, Localiza, Magalu, Telhanorte, Tumeleiro e Rappi, entre outros.


O curso da Google consiste em uma série de videoaulas, textos, laboratórios práticos e widgets interativos que introduzem os alunos a solução de problemas e atendimento ao cliente, networking, sistemas operacionais, administração do sistema e segurança – todos os fundamentos do suporte de TI.


As inscrições para o Certificado Profissional de Suporte em TI no Brasil podem ser realizadas até o dia 15 de setembro e o curso tem início no dia seguinte. E com um detalhe: Os estudantes que se inscreverem até setembro ganham um mês grátis no programa.


De acordo com dados da Associação Brasileira de Empresas de Software (ABES), o setor de TI no Brasil é um dos que crescem mais rápido na região e no mundo. Isso significa que as empresas têm cada vez mais necessidade de profissionais trabalhando em problemas de suporte de TI.


A procura por profissionais especializados em TI vai chegar a 420 mil até 2024.

2 visualizações