• Guilherme Cardoso

Não proíba seu filho de usar celular


Olha aqui!

Vou dar um conselho muito polêmico para você que é pai ou mãe.


Não adianta proibir celulares, redes sociais, facebook, youtube e instagram para seus filhos.


É o mundo novo, a tecnologia que tomou conta do mundo.


Vira e mexe a gente assiste nas reportagens e debates no rádio e na televisão, se os pais devem ou não permitir que seus filhos menores de idade façam uso dos equipamentos eletrônicos disponíveis e acessíveis a quase toda a população brasileira.


Hoje é comum crianças de dois, três anos pegarem o celular do pai ou da mãe e já acessarem alguns jogos infantis, e até mesmo digitar a senha de números para conseguir abrir o aparelho. E numa idade que mal conhecem as letras e as palavras.


Eu tenho netos de três e quatro anos que ligam e desligam o celular e acessar páginas de jogos e filminhos com uma rapidez que não consigo acompanhar. Você deve ter filhos e netos assim, não é?


Como querer proibir a criançada de usar toda essa tecnologia que está em nossa volta, em nossos divertimentos, em nosso trabalho, dentro de casa, na sala, no quarto, na cozinha, e com atraso nas escolas?


Dizer que o uso constante e até por horas dos aparelhos celulares é prejudicial à saúde, ao desenvolvimento dos pequenos, não pode ser aceitável. Há pesquisas recentes que mostram o contrário e até afirmam que o envolvimento das crianças desde os primeiros anos com os celulares, faz delas crianças mais desenvolvidas mentalmente, com raciocínios mais ligeiros e com mais interesses em atividades físicas e matemáticas.


Foi o tempo em que os brinquedos das crianças eram nas ruas, nas peladas no chão de terra, no Esconde-Esconde, no Pega-Pega, no Pegador, na Bolinha de Gude, na Corrida do Saco, no jogo de Bente Altas. Agora, com a urbanização, com o excesso de veículos nas ruas, a falta de espaço livre, e especialmente em nosso país, com a violência crescente que amedronta a todos, lugar de brincar e viver de crianças, jovens e adultos é nos shoppings, nos cinemas dos shoppings e nas áreas de lazer dos condomínios ou dentro dos pequenos e grandes apartamentos.


Não adianta você ficar brigando com seus filhos, querer impedir que usem o celular para ver os vídeos, postar as mensagens no Instagram para seus coleguinhas e seguidores. Isto é o mundo que eles vivem e você tem que viver também.

Não tem mais jeito. Daqui pra frente é só tecnologia avançada. É tudo online, controle remoto. Cada dia mais, você vai menos ao Banco, a comida e a pizza à noite são pedidas pelo celular, as compras do supermercado, da farmácia e dos eletrônicos há muito são feitas virtualmente, os taxis você não mais acena para chamá-los, agora é tudo por aplicativos. Até a sua casa já pode ser toda acionada por controle remoto.


Ao invés de você tentar limitar muito, limitar um pouco é preciso, inventar regras, ou proibir as crianças de usarem celulares desde muito cedo, é melhor você fazer exatamente o contrário.


Deixe eles à vontade com os celulares, incentive os meninos e as meninas a se interessarem bastante pelas ferramentas tecnológicas, porque o futuro delas já está aí com a Inteligência Artificial implantada, e em pouco tempo só estarão bem empregadas e ganhando bem, os adultos de amanhã que hoje são essas crianças que brincam à vontade com os celulares, desde os primeiros anos de vida.

0 visualização