• Guilherme Cardoso

O Auxílio Emergencial tem que continuar


Uma coisa é certa nessas discussões sobre o Auxílio Emergencial que acaba agora em dezembro.

Queira ou não, o Governo vai ter que continuar com esse programa, seja com o nome que for, Renda Brasil,ou Renda Cidadã.

Não é justo que milhões de brasileiros fiquem sem esta pequena mas necessária ajuda financeira para sobreviver.

Hoje são cerca de 60 milhões de pessoas desempregadas, abandonadas, sem renda alguma até para comer. E milhões desses não vão conseguir emprego tão cedo.

O Governo fala que não tem dinheiro, que vai ter que criar um novo imposto, ameaça com nova CPMF, mas esquece que a Caixa Federal arrecada milhões toda semana com os jogos da Mega Sena, Lotofácil e outros. Ao ano são mais de 5 bilhões de reais.

Por que não tirar uma parte desta arrecadação e repassar uma quantia mensalmente para os milhões de necessitados ao invés de dizer que vai tirar do Fundeb, dos investimentos na educação?

Pode até aumentar 0,50 centavos no valor da Mega Sena, ninguém vai reclamar e a arrecadação aumenta dos 5 bilhões para 8 bilhões ao ano.

A solução tá aí, é só querer resolver.

0 visualização