• Guilherme Cardoso

Tenho pena de tí Brasil. E de nós brasileiros.


Somos um país grande e rico, deveríamos estar entre os primeiros.


Saímos de um projeto de poder esquerdista, pensamos estar numa Era de Transformações, ontem demos vários passos para trás.


Acabou a segurança jurídica, a fé na Justiça se foi. Ganha força a impunidade, mantem-se a instabilidade política.

O tempo da obscuridade e da corrupção pode voltar.


O que será de nós, brasileiros de quase um século, jovens

recém-formados?


O sonho vira pesadelo.

6 visualizações